Você sabe como escolher e contratar um seguro?

Você sabe como escolher e contratar um seguro?

Essencial para a proteção patrimonial das pessoas e para o crescimento econômico do país, o mercado de seguros segue em franco crescimento, mas ainda gera muitas dúvidas para os consumidores.

Outubro, 2019 – O que é interesse segurado? O que significa a cláusula de rateio? O que é agravamento de risco? Como funcionam os seguros de Responsabilidade Civil? Essas e outras dúvidas costumam povoar a cabeça das pessoas e das empresas na hora de contratar um seguro. Pior é quando esses questionamentos se tornam um pesadelo no momento de acionar a apólice e buscar os seus direitos.

Juridicamente, o seguro é um contrato em que uma parte, a seguradora, se obriga, mediante recebimento de um prêmio, a pagar à outra parte, nesse caso, o segurado ou terceiros beneficiários, determinada quantia, caso ocorra um evento futuro preestabelecido e determinado.

De acordo com o advogado especialista em Direito de Seguros, Robson Silveira, é muito comum os consumidores terem dúvidas, por isso ele faz um alerta: “é muito importante que no momento da contratação, o consumidor analise toda a proposta, itens e cláusulas contratuais, para não ser vítima de nenhuma armadilha. É importante, também, sanar todas as suas dúvidas com o seu corretor de seguros, pois, depois de assinado o contrato, algumas coisas só poderão ser contestadas judicialmente”, afirma.

Com atuação há mais de 20 anos na área de seguros, em especial nos ramos de automóvel, transportes, responsabilidade civil, seguros empresariais, seguros de vida, e de grandes riscos, o advogado diz que problemas nesse segmento são comuns, principalmente porque há uma cultura de desconfiança por parte do consumidor em relação aos seguros.

Por isso, o advogado enfatiza que “nosso trabalho com o Direito de Seguros não está limitado à atuação contenciosa ou preventiva, mas se estende ao estudo e a pesquisa desta matéria por meio de cursos de atualização, palestras, seminários, fóruns, workshops, artigos e notícias, em parceria com o SEGJUS – Centro de Estudos de Direito de Seguros”, com foco no desenvolvimento do corretor de seguros.

De olho no mercado

De acordo com a última pesquisa da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg), o mercado de seguros no Brasil cresceu 7,5% no primeiro semestre de 2018 comparado ao mesmo período de 2017. O segmento segue otimista e aquecido em 2019; no primeiro quadrimestre desse ano cresceu 4,9%, totalizando um faturamento de R$ 81 bilhões.

Robson Silveira ministra palestras por todo o país sobre Direito de Seguros e destaca que apesar de todo o desenvolvimento da tecnologia e da existência de novos canais de distribuição e   plataformas de vendas on line, o corretor deve assumir o papel de “protagonista” no cenário de transformações pelo qual passa o mercado. “Para isso, é preciso atualizar-se e investir constantemente em qualificação profissional, aproveitando oportunidades e ficando sempre de olho no mercado, podendo oferecer o que há de melhor ao seu cliente, trabalhando com ética e transparência, porque sem confiança e sem segurança, não há futuro”, diz.

Dicas de ouro

Na hora de contratar um seguro e para evitar dores de cabeça no futuro, o advogado dá algumas dicas:

  • Contrate seguro apenas de corretores de seguros habilitados e especializados.
  •  Conheça os termos do contrato: informe-se sobre as coberturas, confirme o valor das garantias contratadas e saiba o que é coberto ou não pelo seguro.
  •  Fique atento: informações incorretas ou incompletas podem trazer problemas. É preciso estar atento aos pontos importantes que precisam ser informados.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.